Segunda-feira, 1 de Novembro de 2010

(Fotograma de Léon (1995), filme de Luc Besson)

 

Ferir os outros é uma arte subtil. Requer tacto, subtileza, alguma audácia, paciência e, acima de tudo, frieza. As mágoas geradas a quente nascem de impulsos - e, como todos os impulsos, morrem tão subitamente como nasceram. Já as feridas frias, premeditadas, calculadas, têm uma natureza diferente. São estudadas ao detalhe. Quem desfere tal golpe não o faz precipitadamente; aguarda, com paciência, o momento certo para dar a estocada certeira com a força necessária - nem mais, nem menos.



publicado por r. às 10:10 | ligação | comentar

mais sobre mim

Fevereiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9



27
28


passado recente

O fim

Os dias do fim (5)

Os dias do fim (4)

Os dias do fim (3)

Os dias do fim (2)

Os dias do fim (1)

A ausência de luz

O controlo

Erro de casting

A memória

passado distante

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

ligações
RSS