Quarta-feira, 17 de Novembro de 2010

(Fotografia de Sarah Schwartz para o jornal Kansas City Star. Todos os direitos reservados)

 

É um pouco como caminhar no arame: é sempre difícil, mas há muito menos a temer quando temos uma rede de segurança por baixo de nós. É sempre mais fácil arriscarmos quando sabemos que a queda não nos magoará, não muito, pelo menos. Difícil é quando não há rede. Quando estamos sozinhos, e quando sabemos que uma eventual queda pode bem ser fatal.



publicado por r. às 08:59 | ligação | comentar

mais sobre mim

Fevereiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9



27
28


passado recente

O fim

Os dias do fim (5)

Os dias do fim (4)

Os dias do fim (3)

Os dias do fim (2)

Os dias do fim (1)

A ausência de luz

O controlo

Erro de casting

A memória

passado distante

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

ligações
RSS