Segunda-feira, 27 de Dezembro de 2010

(Fotografia de autor desconhecido)

 

É curioso que só raramente ajo para com os outros de acordo com os meus humores. Alterno com frequência entre a alegria e a melancolia (e entre vários estados intermédios): a alegria faz-me falar e divertir-me, a melancolia vira-me para a introversão e para o silêncio. É por regra fácil intuir qual é o meu humor presente, mas quando é negativo raramente o projecto em alguém. Tendo a manter tudo cá dentro: os outros nada têm que ver com isso, e tão pouco considero justo descarregar sobre alguém a minha frustração ou mesmo a minha fúria por algo que não lhes diz respeito. Por isso mesmo sempre fui incapaz de suportar quando sou eu o alvo de mudanças de humor alheias.



publicado por r. às 09:37 | ligação | comentar

mais sobre mim

Fevereiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9



27
28


passado recente

O fim

Os dias do fim (5)

Os dias do fim (4)

Os dias do fim (3)

Os dias do fim (2)

Os dias do fim (1)

A ausência de luz

O controlo

Erro de casting

A memória

passado distante

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

ligações
RSS