Quinta-feira, 20 de Janeiro de 2011

("Ant communication"; fotografia de Alexander Wild, em Alex Wild Photography. Todos os direitos reservados)

 

Quando nos falta o "instinto social", estabelecemos relações com quem nos rodeia na base da tentativa e do erro. É um processo difícil e longo - talvez mesmo interminável. É assim que conhecemos muitas das pessoas que fazem parte das nossas vidas: por aproximações e afastamentos, sempre a apalpar terreno, a conhecer os limites estabelecidos. É, também por isto, um processo arriscado, por tornar tão fácil ferir os outros, ou por passar de nós uma imagem errada. Mas em muitas situações, é a única forma que temos de nos relacionarmos.



publicado por r. às 09:05 | ligação | comentar

1 comentário:
De http://storm-of-life.blogs.sapo.pt a 20 de Janeiro de 2011 às 10:05
Hoje diria que me lês inclusivê aquilo que não escrevo. Não podia concordar mais.


Comentar post

mais sobre mim

Fevereiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9



27
28


passado recente

O fim

Os dias do fim (5)

Os dias do fim (4)

Os dias do fim (3)

Os dias do fim (2)

Os dias do fim (1)

A ausência de luz

O controlo

Erro de casting

A memória

passado distante

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

ligações
RSS