Sexta-feira, 18 de Fevereiro de 2011

(Fotograma de Céline et Julie Vont en Bateau (1974), filme de Jacques Rivette)

 

Por vezes não somos mais do que um grande erro de casting, colocados num papel que sabemos ser incapazes de representar. É irrelevante o esforço, a dedicação, a vontade: o papel é superior a tudo isso, paira sobre nós como algo incompreensível e inatingível. Nessas situações, não adianta tentar novamente, não se aplica a famosa mázima do "falhar melhor". Importa apenas encontrarmos uma forma de sair de cena sem que alguém repare.



publicado por r. às 09:04 | ligação | comentar

mais sobre mim

Fevereiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9



27
28


passado recente

O fim

Os dias do fim (5)

Os dias do fim (4)

Os dias do fim (3)

Os dias do fim (2)

Os dias do fim (1)

A ausência de luz

O controlo

Erro de casting

A memória

passado distante

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

ligações
RSS